Missionários Combonianos em Moçambique

Centro Catequético Paulo VI

Breve Historia do Centro Catequético

O Centro Catequético Paulo VI do Anchilo (Nampula) foi fundado a 14 de Setembro de 1969, dia de Santa Cruz, na Missão do Imaculado Coração de Maria do Anchilo, por Provisão do Bispo da Diocese, D. Manuel Vieira Pinto. O Pe. Graziano Castellari foi o primeiro director do mesmo. Teria de início um carácter inter-diocesano, estando, por isso, aberto às outras dioceses do norte: Lichinga, Pemba e Norte de Quelimane.
O objectivo era a formação de catequistas casados, a templo pleno, vindos das diversas missões, deixando de lado a figura do professor-catequista.
No biénio 1970-1972 o Centro tornou-se lugar de Adaptação Missionária para os missionários recém-chegado ao País. O objectivo era preparar os missionários para o trabalho pastoral, através do estudo da língua, história, crenças religiosas, cultura, usos e costumes do povo macua, da história do país e da Igreja moçambicana, e das linhas da pastoral diocesana. Todos os missionários recém-chegados deviam frequentar o Centro de Adaptação, antes de serem nomeados para qualquer trabalho pastoral. O primeiro curso de Adaptação Missionária realizou-se de Dezembro de 1970 a Abril de 1971.
Depois a seguir surgiu também o Centro de Saúde para responder às necessidades de assistência sanitária das 40 famílias dos catequistas e das populações vizinhas.
Com a Independência do País as casas onde moravam as famílias dos estudantes catequistas foram parcialmente nacionalizadas e utilizadas como Centro de Saúde. Isto obrigou a uma nova metodologia formativa do Centro: cursos residenciais de breve duração para os vários ministérios que compões as pequenas comunidades cristãs espalhadas pela diocese. Formula metodológica que continua até hoje.
O Centro Catequético foi o lugar onde se realizaram, pela tenacidade e competência do P. Gino Centis que coordenava a equipa tradutora, todas as traduções em Macua dos documentos eclesiásticos, livros litúrgicos e devocionais e, acima de tudo, a tradução da Bíblia. A dirigir o Centro Catequético estiveram sempre os Missionários Combonianos. Quanto às Irmãs, de 1969 a 1975, estiveram as Irmãs da Apresentação de Maria; a partir de 1976, foram as Combonianas que deixaram o Centro em 2009.